Quanto Custa Registrar Uma Marca no INPI?


Nesse blog vamos explicar quanto custa registrar uma marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, com todas as taxas básicas do seu processo.


Antes de tudo, se você ainda não sabe, o INPI é o órgão federal competente para garantir o uso exclusivo em todo território nacional do nome e do logo do seu negócio em determinado segmento.


A marca registrada, ou melhor, o símbolo ® garante que você não vai perder sua marca da noite para o dia, pelo contrário, proporciona segurança jurídica para expandir as fronteiras do seu negócio e aumentar a confiança dos seus clientes.


Agora que você já sabe a importância de ter uma marca registrada pelo INPI, vamos mostrar quanto custa.


Você pode realizar o registro sozinho ou optar por escolher uma empresa especializada na área. Os preços de honorários dessas empresas variam dentro do mercado, separamos algumas dicas para você antes de contratar qualquer consultoria:


Dica 01: Certifique-se que a empresa atua com registros no INPI e não outro banco de dados paralelo.


Dica 02: Selecione empresas com experiência na área. Para ter certeza, você pode conferir quais foram as marcas de sucessos daquela empresa.


Dica 03: Entenda o que você está contratando. É comum planos de serviços fracionados, que no primeiro momento o cliente tem acesso apenas a uma fase do processo de proteção e após assinatura do contrato descobre que terá que pagar novos valores para dar seguimento.


Taxas Básicas Federais


Independente de como você vai seguir com seu processo, sozinho ou com uma consultoria, você precisa entender as taxas processuais que estão na tabela do INPI e de tempos em tempos são reajustadas.


Para iniciar um processo para as empresas MEI (Microempreendedor Individual), ME (Microempreendedor) ou EPP (Empresa de Pequeno Porte) ou ainda para CPF (pessoa física) possuem 60% de desconto nas taxas, com valor de R$ 142 ou R$ 355 no caso das demais empresas (LTDA e S/A).


Após essa taxa iniciar, quando o INPI conceder o registro da sua marca, você deverá expedir a guia para pagamento do seu certificado de registro de marca. O valor dessa taxa é de R$ 298 (MEI, ME, EPP e CPF) ou R$ 745 (LTDA e S/A).



Além dessas taxas destacadas, pode ser que durante o processo seja necessário cumprimento de exigências, manifestações, juntadas de documentos ou recursos administrativos. Para esses casos será preciso consultar a tabela de valores do INPI clicando aqui.


Registro de Marca Sozinho


O empreendedor pode optar por entrar com seu processo de registro de marcas no site do INPI sozinho. É uma conta rápida, realizando o registro sem o auxílio de uma consultoria especializada teria um investimento de R$ 440. Mas esse cálculo induz o empreendedor a acreditar que está fazendo melhor negócio ao escolher seguir sozinho.


 

O empreendedor deve ter certeza de que não está “trocando gato por lebre”!!

 

Para seguir com o registro sozinho, é importante conhecer todas as fases e prazos do processo. Apesar da plataforma eletrônica acessível e simplificada do INPI, consiste em um processo complexo.


Uns dos cuidados de registrar uma marca sozinho é identificar a classe internacional adequada para a marca. Quando é selecionada classe errada, mesmo havendo a concessão do registro, não haverá segurança jurídica, deixando disponível para terceiros registrarem a sua marca!


Fora a adequação internacional correta, o processo deve ter um acompanhamento constante para não perder nenhum prazo.


Esses são apenas uns dos passos do processo de registro de marca. Fora isso, ao realizar registro sozinho, corre o risco do pedido ser negado pelo INPI por já ter marca igual ou semelhante registrada. Isso é muito comum e faz o empreendedor perder tempo e dinheiro. Essa situação poderia ser ser evitado com uma pesquisa feito por especialista.


Se mesmo assim você quiser seguir sozinho com seu registro de marcas, fique tranquilo! Vamos te ajudar com todas as fases do processo:




Pronto, agora você tem o bê-a-bá para começar o seu processo de registro de marcas.


Mas fique atento!! Mesmo depois do deferimento da marca seu processo pode passar pela Nulidade Administrativa ou Judicial e Pedido de Caducidade por Terceiros, deve sempre monitorar o seu processo para garantir sua segurança jurídica!


Com esse caminhão de dicas do InstaRegistro.com® você já pode se preparar para registrar a sua marca!


Confira nosso blog de como fazer Passo a Passo Para Pesquisar Sua Marca no INPI!

 

Comente se gostou das super dicas das nossas especialistas e compartilhe com toda sua rede de empreendedores 😉