5 Dicas Como Se Tornar Uma YouTuber Empresarial no Brasil


O COVID-19 acelerou um movimento no mundo que já estava em grande crescimento: vídeos e lives.


Esse grande movimento levou muitas empreendedoras se tornarem YouTuber por profissão e empreendedorismo.


Ter um canal no YouTube é um negócio que você pode ganhar dinheiro.


Mas gerenciar um canal no YouTube precisa de alguns outros cuidados além do conteúdo, edição, criatividade, carisma e compromisso. Algumas ótimas dicas iniciais que encontrei aqui.


O processo de virar uma YouTuber muitas vezes começa com um vídeo "simples" e com aceitação de um grande público. Depois grava outro...mais um... outro no final de semana e depois de um tempo quando você menos percebe tem mais de 1 milhão de inscritos!


Boom! Seu canal agora é um negócio.


E o que acontece em seguida? Você começa ser notada! Chegam emails e mensagens de parcerias, empresas querendo fazer anúncios dos produtos e você começa faturar um dinheiro direto do You Tube. Tudo bem até aqui, certo?


Esse é momento que você precisar deixar o "hobbie" de postar vídeos no You Tube e começa a ser preocupar com assuntos que antes não eram "problemas".

Quando você atinge um nível de "empresa" no seu canal de You Tube, alguns cuidados iniciais (e diria que básicos também) precisam ser verificados.


Decidimos compartilhar 5 dicas iniciais para você ter atenção no seu canal de You Tube e se preparar para ser uma YouTuber empresarial com um pouco menos de problemas no começo da sua jornada e também para mostrar mais profissionalismo.

Afinal de contas, o hobby virou um negócio.


Dica 01 - Gerando Vendas no Canal


Agora seu canal é uma empresa e obviamente você quer monetizar isso! Colocar dinheiro no bolso para realizar seus sonhos! Você precisa pensar em formas de gerar vendas. Sabe aquele ditado "Vendas são a alma do negócio"? Agora além de YouTuber você é uma vendedora.

Vamos separar em 2 grandes blocos de vendas para ajudar você no seu novo negócio.


a) Venda do Espaço para Publicidade

Por exemplo, se o seu canal for de entreterimento ou notícias, você pode vender esse espaço para outras empresas anunciarem seus negócios. Nesse caso, você vende o espaço e eles vendem os produtos deles.

Veja o exemplo abaixo de um super canal de maquiagem que apenas indica o nome da marca de maquiagem. Seria possível monetizar com uma publicidade entre você e a empresa do produto.











b) Venda Direta de Produtos e/ou Serviços

Também é perfeitamente possível você vender o seu produto ou serviço diretamente ao público.

Se você é uma super professora de idiomas tem um canal com dicas de inglês, você pode vender o seu curso completo! Legal, né?

No exemplo abaixo, no canal da Sandy Moraes, ocorre um venda de cursos sobre "Como Criar Um Instagram Engajado".











Dica 02 - Não Usando Marca de Outra Empresa


Parace óbvio, mas é mais comum do que parece encontrar YouTubers sem a sua marca protegida. Pensem no seguinte cenário: você tem mais de 1 milhão de seguidores e seus vídeos são um sucesso. De repende, você recebe uma notificação que está usando a marca de uma outra pessoa (ou empresa) e precisa mudar tudo (marca, nome do canal, logo, email, etc) em apenas 30 dias. Isso sem contar todo o trabalho de explicar as mudanças ao seu público.


Vamos compartilhar alguns canais relevantes no You Tube para você entender:


KondZilla

58,9 mi de inscritos

Sim, tem marca registrada (Nº 904470679)

https://www.youtube.com/user/CanalKondZilla


Whindersson Nunes

39,9 mi de inscritos

Sim, tem marca registrada (Nº 911276475)

https://www.youtube.com/user/whinderssonnunes


Você Sabia?

35,7 mi de inscritos

Sim, tem marca registrada (Nº 915082306)

https://www.youtube.com/user/vcsabiavideos


Só em 2019 foram depositadas mais de 280 mil marcas no Brasil junto ao INPI - Institituto Nacional da Propriedade Industrial.


Entendeu a importância?

Os YouTubers profissionais se preocupam com isso e você também deve se preocupar.


Não podemos deixar esse momento para fazer o nosso "jabá" e disponibilizar a nossa Super Busca InstaRegistro.com®️ sem nenhum custo inicial para você saber se é possível registrar a sua marca.

Clique aqui e receba um vídeo exclusivo da sua marca.



Dica 03 - Se Protegendo das Parcerias


De acordo com o dicionário:


parceria

par·ce·ri·a

sf

1 Reunião de pessoas por interesse e objetivo comum; companhia, sociedade


Esse interesse e objetivo comum quando você se torna um canal empresarial precisa estar tudo escrito no papel (ou no email rs). Em outras palavras, deixe sempre o mais claro possível de forma escrita via um contrato, Whatsapp, Messenger, emails, etc.


É fundamental que tenha tudo escrito o que foi combinado (geralmente de forma verbal em uma conversa). Dessa forma, evita muito os "mal entendidos" entre você e o seu parceiro.


Inicialmente é comum ter uma amiga como parceira, e nesse exemplo, envie um resumo no whatsapp para ver se ela entendeu tudo e se está de acordo.


Ok?


Dica 04 - Otimizando Tributos


Quando você começa gerar renda no seu canal, provavelmente (lá no início), você registrou o seu nome (e CPF). É menos comum já te um CNPJ para se cadastrar no You Tube já no início.

Por isso, quando o seu canal se torna profissional, você precisa avaliar se não faz sentido abrir uma empresa de fato, ou seja, ter um CNPJ.


Sabemos que o Brasil não é um país para iniciantes na questão de tributos e por isso convido você a pensar se faz sentido ser um Microempreendedor Individual - MEI para esse "início" de profissionalização.

Já escrevemos aqui as vantagens de ser MEI.


Por exemplo, se você é professor de inglês no seu canal de YouTube, talvez faça sentido ter uma MEI sendo "PROFESSOR(A) PARTICULAR INDEPENDENTE 8599-6/99". Você pode ver aqui para ver as atividades permitidas no Portal do Empreendedor.


Recomendamos uma conversa com seu contador de confiança para entender como otimizar os tributos sobre essa nova receita em sua vida financeira.


Dica 05 - Tenha Mentoras(es) de Exemplo


Você precisa encontrar um mentor que te ajude de verdade nessa sua jornada de profissionalização do canal.

Talvez seja alguém muito mais próximo do que você imagina. Busque alguém que tenha a experiência que já passou por algo que você acredita que vai passar. Difícil? Não.


Separamos um super vídeo da Endeavor para ajudar como você pode encontrar e abordar um mentor (não deixe de ver os outros capítulos.




Essa 5 dicas irão ajudar você na profissionalização do seu canal do YouTube (ou outra plataforma), e com isso, promover crescimento sustentável!


O InstaRegistro.com®️ deseja toda a "sorte" e sucesso para você e seu canal.



-----

Curtiu esse conteúdo? Compartilhe com suas amigas e amigos.