É Obrigatório Registrar Minha Marca no INPI?


Você não é obrigado, mas precisa conhecer todos os impactos negativos que isto pode causar ao seu negócio.


Imagina que você compra um carro, mas decide optar em não ter seguro. Concorda que é risco? Nessa caso as consequências são possíveis de assimilar, pois você pode bater em terceiros, perda total do veículo ou até mesmo necessitar de uma assistência técnica de madrugada.


Mas que impacto negativo posso ter se não registrar sua marca no INPI?


Assim como foi fácil entender no seguro do carro, vamos te ajudar nessa questão das marcas.

Em um cenário que você não registrou sua marca e uma outra empresa (ou pessoa) fez o depósito e recebeu o registro da marca, você pode ter vários tipos de problemas como:

1) Jurídico

2) Imagem

3) Confusão ao seu cliente

4) Perda do poder para utilizar nome e logo

5) Potencial perda das suas contas nas redes sociais e website


Seja em qualquer âmbito do negócio, você irá perder dinheiro com advogados ou com restruturação e posicionamento de marca. Isso sem contar no tempo que você "investiu" durante anos nesse seu projeto de vida.


Pode piorar? Sim.

Infelizmente você poderá ainda sofrer indenizações em um processo judicial.


Por isso a importância de você ser uma empreendedora atenta e que saiba calcular muito bem o "risco x retorno" de registrar uma marca no INPI. A proteção e registro da sua marca no INPI é algo muito além de perder sua marca. É a proteção e propriedade de algo que você construiu com muito esforço durante os anos.


Esse blog não é para deixar você com medo e pressão sobre registrar a sua marca, mas sim para orientar sobre os potenciais danos que o seu negócio pode sofrer por uma ação que está em suas mãos: o registro da marca no INPI com o InstaRegistro.com.



---

Se você conhece algum outro empreendedor e gostaria de enviar esse educacional, compartilhe esse blog. Irão te agradecer para o resto da vida.